Como Funciona o Refinanciamento de Empréstimo

Como Funciona o Refinanciamento de Empréstimo

6 min de leitura

Quando o indivíduo já tem um consignado contratado, mas está passando por alguma situação que o impossibilite — ou mesmo torne mais difícil — de arcar com as condições acordadas, talvez seja interessante buscar por alternativas, como o refinanciamento.

O refinanciamento nada mais é do que trocar o contrato antigo por um novo na mesma instituição financeira, sendo possível fazer alterações em prazo e valor contratado.

Quais as vantagens?

Solicitar o refinanciamento do seu consignado junto à instituição financeira pode ser vantajoso por diversos motivos. Abaixo, elencamos os principais. Acompanhe!

Menos burocracia

Por já ser cliente da instituição financeira em questão e já ter um contrato em andamento com essa empresa, a burocracia e a papelada necessárias são bem menores. Como a relação entre banco e cliente já existe e está sólida mediante um contrato, o refinanciamento é um processo bem mais simples do que uma nova contratação, partindo do zero.

Maior rapidez na liberação do valor

Da mesma forma, se aprovado, o total contratado é liberado muito mais rapidamente — isso porque o banco já o conhece e já tem todas as informações necessárias para fazer a concessão do crédito.

Possibilidade de alteração no valor

Caso você já tenha um contrato, mas precise de mais crédito, o refinanciamento é a melhor opção. Ao solicitá-lo, a instituição financeira fará uma análise de sua margem consignável, para verificar quanto ainda está disponível e, assim, aprovar ou não o refinanciamento.

Flexibilidade de prazo

Percebeu que não vai mais ser possível continuar com as parcelas no valor que elas têm atualmente? Você pode pedir um prazo mais longo, por exemplo, de forma a diluir mais o valor a ser pago ao longo do tempo.

Isso é bastante útil em casos em que ocorre um imprevisto que demanda recursos do contratante ou mesmo quando a pessoa refaz seus cálculos sobre o orçamento familiar e percebe que, no final das contas, teria sido melhor um prazo de 72 em vez de 60 meses.

Como fazer?

Se você ficou interessado pelo refinanciamento, saiba que é bem simples fazê-lo: basta conversar com a sua instituição financeira, com a qual já tem seu contrato de consignado firmado, e manifestar sua vontade.

Conforme mencionamos, a aprovação de um novo valor está sujeita à análise de sua margem consignável — isto é, o banco deverá verificar quanto dos seus 35% da renda ainda estão disponíveis para serem direcionados ao novo contrato.

Se você tem uma renda de R$ 5 mil, por exemplo, e já tem um consignado com parcelas mensais de R$ 1 mil (20% da margem consignável), isso significa que ainda pode ter R$ 750,00 (os 15% restantes) para disponibilizar para o refinanciamento do empréstimo.

Que tal aproveitar o nosso exemplo para acessar o simulador PB Consignado e conferir, na prática, como pode ser o seu refinanciamento? Aguardamos você lá!

Precisando de um empréstimo? Escolha o melhor.

O empréstimo PB Consignado do Paraná Banco é rápido, seguro e fácil de pagar. Experimente!

Clique aqui e faça a simulação
Tudo o que você precisa saber sobre o aumento do benefício do INSS 2021
pb consignado

Tudo o que você precisa saber sobre o aumento do benefício do INSS 2021

Leia mais
Fim de ano: quando é o melhor momento para usar o empréstimo consignado?
dicas financeiras

Fim de ano: quando é o melhor momento para usar o empréstimo consignado?

Leia mais

Inscreva-se para receber novidades