menu
Empréstimo Consignado para Pensionistas. Tudo o que você precisa saber

Empréstimo Consignado para Pensionistas. Tudo o que você precisa saber

4 min de leitura

Atualmente, a modalidade mais vantajosa para quem é pensionista do INSS é o consignado — isso porque essa é uma das opções com menor taxa no mercado, podendo chegar a no máximo 2,08% de juros ao mês.

Além disso, por ser um empréstimo diretamente atrelado à renda recebida — neste caso, pensão do INSS —, o valor máximo do contrato não pode ultrapassar 35% da renda bruta do contratante. Essa medida minimiza as chances de o contratante ficar inadimplente porque considera apenas uma margem da renda, sem comprometer o orçamento familiar.

Todas as pensões são consignáveis?

Nem todas as categorias de benefícios são aceitas na hora de se fazer o seu consignado. Algumas das não aceitas são:

  • Complemento de pensão à conta da União;
  • Pensão vitalícia seringueiros;
  • Pensão vitalícia dependentes seringueiros;
  • Algumas por morte, porque são consideradas verbas temporárias.

Por isso, antes de contratar o seu é interessante conferir se o seu tipo de pensão está na lista dos benefícios consignáveis.

Como funciona o processo?

Para solicitar o seu consignado, basta ir à sua instituição financeira de preferência e verificar se eles trabalham com este benefício. Não é necessário ser correntista. Entretanto, vale ressaltar que a liberação do crédito acontece na mesma conta corrente em que o benefício do INSS é recebido, ou seja, precisa ser no nome do titular, não sendo permitido o depósito em contas de terceiros.

A contratação é bastante rápida, bastando apresentar alguns documentos: RG, CPF, comprovante de residência e número de beneficiário do INSS — lembrando que o valor total não pode ultrapassar 35% do total recebido. Após aprovação por parte do INSS, o crédito é liberado em cerca de 3 a 5 dias úteis.

O pensionista do INSS pode, ainda, ter mais de um consignado contratado, desde que o total do crédito concedido não ultrapasse o limite de 35%. Atualmente, são permitidos até 9 contratos consignados por CPF. Dessa forma, os novos contratos estão sujeitos à margem consignável — isto é, quantos % do limite ainda está disponível para contratação — e ao número máximo de contratos concomitantes.

Quais são as taxas e os prazos?

Conforme mencionamos no início do texto, a taxa máxima para o consignado é de 2,08% ao mês, valor este estabelecido e regulado pelo próprio INSS. Já quanto aos prazos, isso varia entre instituições financeiras e de acordo com o total contratado. Em geral, são concedidos de 6 a 72 meses para a quitação.

Como as parcelas devem ser pagas?

Aqui entra uma das grandes vantagens do consignado: o desconto das parcelas mensais é feito diretamente do seu benefício do INSS, ou seja, você não precisa efetivamente realizar um pagamento — já vai receber o seu benefício, normalmente, com o respectivo valor descontado.

Isso ajuda o contratante com menos burocracia, mais segurança e menor probabilidade de inadimplência, já que as chances de não pagar as parcelas por ter se esquecido são inexistentes.

Ficou interessado? Quer entender melhor como funciona o empréstimo consignado para pensionista do INSS? Então confira este texto com todas as informações sobre o assunto!


* VII. DA PORTABILIDADE DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO CONSIGNADO

Art. 11. Os Participantes darão total publicidade ao consumidor sobre seu direito de portabilidade de crédito que poderá ser exercido a qualquer tempo, observadas as disposições legais e regulamentares vigentes

Precisando de um empréstimo? Escolha o melhor.

O empréstimo PB Consignado do Paraná Banco é rápido, seguro e fácil de pagar. Experimente!

Clique aqui e faça a simulação
Passo a Passo: como cadastrar no Meu INSS?
aposentadoria

Passo a Passo: como cadastrar no Meu INSS?

Leia mais
Como fazer a Prova de Vida em 2021?
aposentadoria

Como fazer a Prova de Vida em 2021?

Leia mais

Inscreva-se para receber novidades