menu
Dicas de Como Regularizar suas Dívidas

Dicas de Como Regularizar suas Dívidas

6 min de leitura

Para evitar que as dívidas se multipliquem e você acabe em uma situação cada vez pior, o interessante é priorizar as dívidas mais caras. Pode parecer pouco intuitivo, mas é a melhor estratégia para frear os efeitos dos juros compostos, que em geral têm taxas exorbitantes e dentro de dias já aumentam consideravelmente o saldo devido.

Dessa forma, considere:

  • carros financiados;
  • imóveis financiados;
  • aluguéis;
  • cartão de crédito — com especial atenção para este item, porque é de conhecimento de todos que as operadoras de cartão trabalham com as maiores taxas do mercado;
  • cheque especial — assim como com o cartão de crédito, os bancos pesam a mão na % de juros cobrada;
  • entre outros.

Tente renegociar

Uma boa estratégia, antes de começar a regularizar suas dívidas, é entrar em contato com a instituição responsável e tentar renegociar o valor devido. Em geral, é possível conseguir um valor melhor — especialmente em se tratando de parcelas, porque é possível negociar a quitação de todas ou um grande número e, assim, diminuir a incidência dos juros compostos.

Além disso, uma vez com a dívida negociada, é comum que seu nome já seja excluído de listas de proteção ao crédito, como o SERASA, e, com o nome limpo, fica mais fácil conseguir outras modalidades de crédito, como um empréstimo consignado, para se reorganizar financeiramente e colocar sua vida de volta nos eixos.

Regularize suas dívidas

Depois de ter garantido um valor mais atrativo na renegociação, chegou a hora de finalmente realizar o pagamento. Para isso, você pode desembolsar de alguma reserva pré-existente ou, caso não conte com uma poupança, contratar um empréstimo.

Neste momento, o consignado é uma ótima opção, porque:

  • conta com as menores taxas do mercado: máximo de 2,07% ao mês, contra 5,82% ao mês para empréstimo pessoal;
  • é fácil de ser contratado: menos burocracia equivale a maior agilidade na liberação do crédito;
  • tem prazos mais longos: algumas instituições oferecem até 120 meses para a quitação;
  • não há consulta ao SPC ou SERASA: como o consignado é descontado diretamente da folha de pagamento ou do benefício do INSS, a análise de crédito é feita levando em conta apenas a sua renda bruta — ou seja, é a melhor opção para quem tem dívidas e está com o nome sujo;
  • pode ser contratado pela internet.

Não restam dúvidas de que o consignado é a melhor opção neste caso, não é? Então, não perca tempo: regularize suas dívidas contratando um consignado e veja sua vida se encaminhar para o lado do sucesso novamente. Assim, você garante mais segurança e tranquilidade para o seu futuro.

Aproveite e faça uma simulação para o seu empréstimo consignado acessando este link!

Precisando de um empréstimo? Escolha o melhor.

O empréstimo PB Consignado do Paraná Banco é rápido, seguro e fácil de pagar. Experimente!

Clique aqui e faça a simulação
Aumento de 5% na margem do consignado em 2021
tudo sobre consignado

Aumento de 5% na margem do consignado em 2021

Leia mais
Como conseguir empréstimo para negativado em 2021?
dicas financeiras

Como conseguir empréstimo para negativado em 2021?

Leia mais

Inscreva-se para receber novidades